Iris cometeu a agressão por conta de ciúmes de Reginaldo e selaram a paz com um beijo apaixonado | Reprodução/Whatssap

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, homens e mulheres passaram a ficar 24 horas em casa, muitas vezes, com seus agressores. Tal fato elevou os números de casos de violência doméstica e familiar em todo o Brasil. Mas, muitas vítimas acabam não denunciando seus algozes pelo simples fato de que ainda acreditam na mudança do comportamento dos companheiros (a).

Dentro dessas estatísticas está Reginaldo Pereira que decidiu perdoar a esposa Iris Cristina Rodrigues após ela esfaqueá-lo no peito na cidade de Pombal, no interior da Paraíba. A vítima foi atingida pela companheira após uma discussão do casal.

De acordo com a Policia Militar, Iris cometeu a agressão por conta de ciúmes de Reginaldo. Após ser ferido, o homem foi levado para uma unidade de saúde, onde foi atendido e liberado na sequência.

Na delegacia, ele foi questionado se perdoaria Iris pela facada, o homem não pensou duas vezes e disse que além do perdão não aceitaria ver ela sendo presa: “Perdoo de coração. Se ela for presa, eu vou junto”, e diante de todos selaram a paz com um beijo apaixonado.

O caso, no entanto, ainda será investigado, ao final das apurações a mulher poderá responder pelo crime de lesão corporal grave.

Por: Istoé

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *