Crédito: Reprodução/TV Verdes Marés

Uma mulher de 36 anos foi presa, nesta segunda-feira (27), suspeita de tentar matar o marido e a filha dele, em Canindé, interior do Ceará. Segundo a polícia, as duas vítimas e uma terceira pessoa mantinham um relacionamento que foi descoberto pela mulher.

 Maria Aparecida Barroso, 36 anos, namorava Jaelson Oliveira, 39. Jaelson mantinha relações sexuais com a própria filha, 20 anos, e o genro dele, 26 anos. Ao descobrir o envolvimento, a mulher pagou R$ 3mil a duas pessoas para que matassem Jaelson, e a filha acabou sendo atingida. O crime foi intermediado pelo genro de Jaelson.

Poucas horas após o crime, a Polícia Militar apreendeu um homem e um adolescente de 17 anos suspeitos de participação das duas tentativas de homicídio. A PM ainda apreendeu um revólver que teria sido utilizado no crime. Ainda segundo a polícia, o primeiro a saber do relacionamento entre pai e filha foi o namorado da jovem, que aceitou manter relações sexuais a três e contou o caso para Maria Aparecida, namorada do sogro dele.

Em depoimento à polícia, Maria Aparecida afirmou que descobriu o caso e tentou separar, mas recebia ameaças do namorado e até chegou a pensar em tirar a própria vida. Por isso, ela ofereceu R$3 mil para o namorado da filha de Jaelson contratar os executores do crime, que ocorreu em junho. As vítimas foram baleadas em casa. De acordo com Daniel Aragão, delegado responsável pelo caso, a polícia investiga se Jaelson cometia estupro contra a filha e aguarda o homem receber alta para ouvir o depoimento dele.

Por: G1 CE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.