Crédito: Reprodução/Freepik

Na madrugada desta quarta-feira, 2, uma mulher de 43 anos foi presa por atear fogo no corpo do marido, de 42, em Ribeirão das Neves, Minas Gerais. Segundo informações preliminares da polícia, o homem foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com 45% do corpo queimado: rosto, tórax e membros superiores. Consciente, ele disse que a mulher jogou álcool e isqueiro nele após uma discussão.

Após a polícia abordar a mulher, a suspeita falou que estava fazendo comida quando o homem chegou de um “jeito sorrateiro” e declarou que, com o susto, fez um movimento brusco e acabou jogando álcool e isqueiro no marido. Porém, depois a mulher confessou o crime e alegou que ficou nervosa com o adultério do marido e que só se deu conta do que fez depois que já tinha ateado fogo nele, mas que tentou apagar as chamas e prestar socorro.

Em nota, a polícia declarou que segue apurando o caso.

Por: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.