MP de Contas do Pará abrirá vagas com salários de até 6 mil reais

A liberação do edital do novo concurso do Ministério Público de Contas do Pará (MPC/PA) depende apenas da assinatura do contrato com a banca organizadora, que será o Cebraspe, confirmada desde 7 de dezembro, por meio de publicação em diário oficial. A seleção contará com 50 oportunidades, destinadas para quem possui níveis médio e superior. A expectativa é de que a assinatura do contrato ocorra nos próximos dias, para que o concurso possa, de fato, iniciar.

Do total de postos, 42 são para cargos da área de apoio, distribuídas da seguinte forma: analista ministerial – especialidade administração (3), analista ministerial – especialidade ciências contábeis (3), analista ministerial – especialidade comunicação social (1), analista ministerial – especialidade controle externo (16), analista ministerial – especialidade em direito (3), analista ministerial – especialidade engenharia civil (1), analista ministerial – especialidade tecnologia da informação (3), assistente ministerial de controle externo (6), assistente ministerial de informática (2) e auxiliar ministerial de controle externo (4). Além disso, o concurso contará com um aumento de uma para oito vagas para o cargo de procurador de contas.

Para o cargo de assistente ministerial de controle externo será exigido apenas ensino médio, com remuneração inicial de R$ 3.154,60. Para analista ministerial, no caso de controle externo, a exigência é de nível superior em qualquer área. Para as demais opções, a necessidade é de formação na respectiva área. As remunerações iniciais dos analistas são de R$ 6.260,22. Já o salário e as exigências para procurador ainda serão confirmadas.

A comissão é presidida pelo procurador-geral de contas em substituição Guilherme da Costa Sperry, procuradores de contas Felipe Rosa Cruz e Deila Barbosa Maia, tendo como suplente o procurador de contas Stanley Botti Fernandes, bem como a servidora Lúcia Helena Lima Costa, tendo o servidor Jair Dias da Silva como suplente.

Uma comissão havia sido formada em 2016, mas os trabalhos tinham sido suspensos por causa da necessidade de aprovação do plano de cargos dos servidores.

Fique atento para as inscrições e provas

– De acordo com o regulamento do concurso, o prazo de inscrições deverá ser de 60 dias, contando do primeiro dia útil após a publicação do edital, com possibilidade de prorrogação do prazo, pelo mesmo período.

– No caso das opções para a área de apoio, a seleção contará com provas objetivas e dissertativas, além de análise de títulos. A parte objetiva contará com 80 questões, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos.

– Para procurador, a seleção terá quatro fases, incluindo prova objetiva, duas provas dissertativas, avaliação oral e análise de títulos.

– A parte objetiva contará com 100 questões, incluindo temas de direito constitucional, direito administrativo, direito financeiro, controle externo e legislação institucional, direito previdenciário, direito tributário, contabilidade pública e direito processual.

(Jornal dos Concursos)

Você pode gostar de ver

Vai começar… Jep's – Jogos Estudantis Paraenses

Jogos estudantis começam nesta quarta-feira (8) Tudo pronto para o início do…

Parece o caso do Hospital Regional de Tailândia – Dinheiro público

Centro Oncológico Pediátrico do Hospital Ophir Loyola, construção sem fim Fotos da…

Avião explode e mata três pessoas em Aeroporto de Manaus

Dois passageiros e o piloto da aeronave morreram carbonizados. Outras três pessoas…

Mulher é encontrada enforcada na própria residência em Tailândia

A mulher havia se divorciado do marido há cerca de dois meses.…