A Polícia Civil do município já está investigando o caso. (foto: reprodução/Redes Sociais)

A morte de uma bebê de apenas um ano e três meses deixou os moradores do pequeno município de Igarapé-Miri, no nordeste do Pará, revoltados.

As primeiras informações são de que a pequena Ágata Raissa teria sido estuprada e em seguida assassinada. O corpo da criança foi encontrado boiando às margens do Rio Anapu, localizado na zona rural do município, com fortes indícios de abuso sexual.

A família da criança não quis comentar o assunto. Em nota, a Polícia Civil do Pará informou que já instaurou um inquérito e vai investigar o caso. O corpo de Ágata foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal, em Belém, onde deve passar por perícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *