Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

A ministra Damares Alves pediu para deixar o governo Bolsonaro após cinco meses à frente da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos. De acordo com a revista Veja, ela alega estar cansada, com problemas de saúde e diz ainda que foi ameaçada de morte, tendo que deixar sua casa para morar em um hotel, com endereço mantido em sigilo. 

Segundo a revista, Damares Alves teria se reunido, há alguns dias, com o presidente Jair Bolsonaro para discutir sua saída. Foi nessa reunião que, depois de fazer um balanço das atividades do ministério, a pastora teria pedido para deixar o cargo.

O portal Extra disse que Damares negou que deixaria o cargo. “Informo que não pretendo sair do governo”, disse a ministra em nota ao Globo.

Com informações O Liberal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.