Ataque de crocodilo | ( Reprodução )

Os filmes de feras subaquáticas sempre apontam os tubarões como os animais mais assustadores e violentos. Porém números apontam em outra direção e mostram que ataques de jacarés e crocodilos matam cerca de mil pessoas por ano no mundo, muito mais que do que os enormes peixes estigmatizados pelo cinema. As presas em geral são afogadas nos giros feitos pelos répteis sob a água e depois trituradas. 

Na Costa Rica, um menino de oito anos de idade morreu após ser atacado por um crocodilo a arrastado para as profundezas do rio Matina, localizado na cidade de Limón. 

O menino identificado como Julio Otero Fernandez era natural da Nicarágua e se mudou com os pais para a Costa Rica, onde eles iriam trabalhar em uma plantação de banana.

No dia da tragédia, em 30 de outubro, Júlio estava com a água até os joelhos quando o crocodilo se lançou sobre ele.

“A coisa mais difícil para minha esposa foi ver o crocodilo flutuar com o corpo do meu filho, então ele o agarrou novamente e o arrastou para baixo”, disse o pai. 

No último sábado (26), um caçador local atirou e matou o animal, moradores abriram o estômago réptil e encontraram fios de cabelo e fragmentos dos ossos da criança. As informações são do The Sun.

Por: Istoé

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *