Avô foi capturado por vizinhos (Polícia Civil / Divulgação)

Um avô de 60 anos acabou preso em flagrante acusado de matar a própria neta, de 10 anos, em uma aldeia de Aral Moreira (MS), a 376 km de Campo Grande, na tarde desse domingo (27). Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi capturado por vizinhos depois de obrigar a vítima a beber óleo de motor usado.

A polícia chegou ao suspeito após líderes da aldeia relatarem a morte da criança de 10 anos pelas mãos do avô materno. As investigações iniciais indicaram que o homem a obrigou a ingerir óleo usado de motor até a morte.

Segundo a polícia apurou, a criança tinha deficiência e apresentava mobilidade reduzida, o que, aliado à pouca idade, dificultou a defesa da vítima.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia de Ponta Porã, a 136 km da cidade onde o crime ocorreu.

Por: G1 Mato Grosso do Sul.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *