Uma semana antes de morrer, Diego Armando Maradona caiu em sua casa e bateu o lado direito da cabeça, segundo informou as enfermeiras que cuidavam do craque argentino. O incidente aconteceu no último dia 19, e conforme  relatado por elas, nenhum estudo foi feito para determinar se ele sofreu algum dano.

Segundo a TV C5N, de Buenos Aires, a queda ocorreu quando Maradona se recuperava de uma cirurgia de hematoma subdural em sua casa em Tigre, em Buenos Aires. A equipe do médico Leopoldo Luque , que foi indiciado por “homicídio culposo” pela morte do craque, teve conhecimento dos fatos assim como a psiquiatra Agustina Cosachov.

Os dois profissionais de saúde que cuidaram de Maradona nas suas últimas 24 horas, identificados por Ricardo e Dahiana Gisela Madrid, os dois profissionais que cuidaram de Diego em suas últimas 24 horas, foi quem repassaram essas informações às autoridades.

Ricardo afirmou que “o golpe foi no lado direito”, ou seja, do outro lado de onde estava a ferida da cirurgia. Foi o médico Luque que ligou para o serviço de ambulâncias 911 às 12h16 da última quarta-feira (25), porém, ele não estava na casa do ex-jogador e havia sido informado pelas pessoas que o acompanhavam, de que ele não se sentia bem.

A informação da queda é essencial para as autoridades saber se houve ou não negligência no atendimento a Maradona.

Portal Holanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *