Reprodução

O delegado Luiz Roberto Nicário, titular da Polícia Civil em Acará, nordeste do Estado, instaurou inquérito policial para apurar as circunstâncias do acidente de trânsito ocorrido na Alça Viária, no início da noite de terça-feira (24), envolvendo um micro-ônibus da Prefeitura de Tailândia e uma carreta. No total, nove pessoas morreram e cerca de dez ficaram feridas.

O delegado ouviu na noite de terça-feira o depoimento do motorista do veículo, Carlos Alberto Loureiro da Silva, na sede da Seccional Urbana de Marituba, na Região Metropolitana de Belém (RMB). Nesta quarta-feira (25), Luiz Roberto Nicácio esteve no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves para dar andamento às requisições de exames de necrópsia dos corpos. O delegado também solicitou exames de dosagem alcoólica e toxicológico para o motorista.

Ainda durante o dia, o delegado esteve no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, na RMB, para tentar ouvir os relatos dos sobreviventes do acidente que estão internados na unidade de saúde. Devido ao estado debilitado das pessoas, no entanto, o policial ficou de retornar outro dia ao local, assim que a equipe médica der alta aos pacientes.

O delegado ressalta que vai aguardar os resultados das perícias, inclusive no micro-ônibus, onde será verificado o topógrafo – equipamento medidor da velocidade – e a franagem na pista, para se saber em que velocidade estava o veículo no momento da colisão. “Vamos aguardar os resultados dos exames periciais para saber se indiciamos ou não o condutor por homicídio culposo”, explica.

Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.