Um homem que é suspeito de matar a ex-mulher foi preso no último sábado (7), e liberado por conta de lei eleitoral, na zona leste de São Paulo. As informações são do repórter Igor Calian, no 1º Jornal, da TV Bandeirantes. (REPRODUÇÃO\ TV BANDEIRANTES)

Um homem que é suspeito de matar a ex-mulher foi preso no último sábado (7), e liberado por conta de lei eleitoral, na zona leste de São Paulo. As informações são do repórter Igor Calian, no 1º Jornal, da TV Bandeirantes.

José Carlos Beato, de 48 anos, teria matado sua ex-companheira, a diarista Aline Cesária, de 42, na cidade de Santo André. 

De acordo com a Polícia, o crime aconteceu após José Carlos ameaçar sua ex diversas vezes. Alice estava com seu filho e neto no momento do assassinato.

Segundo a emissora, José foi detido pela PM na tarde do última terça-feira (10), e encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), de Santo André. Apesar disso, acabou liberado por conta do artigo 236 do código eleitoral, a Lei 4737/65.

De acordo com a lei, ninguém pode ser preso desde cinco dias antes e até 48h depois do encerramento da eleição, salvo em casos de flagrante.

O caso foi registrado como feminicídio pelo 6º Distrito Policial e encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher do município, que instaurou inquérito policial.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo se posicionou por meio de nota. Veja:

“O caso foi registrado como homicídio qualificado (feminicídio) no sábado (07) pelo 6º Distrito Policial de Santo André e encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do município, que instaurou inquérito policial.

O autor do crime, de 48 anos, foi detido pela PM na tarde desta terça-feira (10) e encaminhado à DDM. A autoridade policial solicitou sua prisão temporária. Por conta do artigo 236 do código eleitoral, (Lei 4737/65), ninguém pode ser preso desde cinco dias antes e até 48h depois do encerramento da eleição, somente em casos de flagrante”.

Por: UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *