Reprodução/ O Liberal

Uma tentativa de feminicídio acabou com seis policiais militares feridos, sendo três deles socorridos em estado grave. O caso aconteceu em Fartura (SP), na madrugada desta terça-feira (5).

De acordo com a Polícia Militar, o homem deixou três botijões de gás abertos dentro da residência para matar a companheira, que acionou a PM. A mulher não estava na casa no momento da explosão.

Policiais que atendiam o chamado de tentativa de homicídio foram até o local e chamaram pelo acusado, mas ninguém atendeu. Os PMs entraram na casa, quando houve a explosão. O suspeito fugiu para o quintal e não ficou ferido. Ele foi capturado pela polícia.

O suspeito, de 42 anos, foi preso e o caso foi registrado como incêndio, lesão corporal e tentativa de homicídio.

À polícia, a esposa do homem informou que já havia tentado se separar do marido por ele ter se tornado uma pessoa ciumenta e depressiva. Segundo ela, o marido estava com estado psicológico debilitado e tinha surtos de ciúme.

Além dos três botijões, o homem ainda usou um galão de 20 litros de gasolina, de acordo com o boletim de ocorrência.

Cinco policiais foram levados ao pronto-socorro de Fartura e um outro para Avaré (SP).

Por: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *