Reprodução/ O Bastidor

O hacker que invadiu o Superior Tribunal de Justiça criptografou todo o acervo de processos da corte, informou ao Bastidor uma fonte com conhecimento direto do ataque. Bloqueou o acesso também às caixas de email de ministros da corte. Todos os dados e sistemas que estavam nos servidores do STJ foram criptografados. O hacker conseguiu criptografar até mesmo os backups dos dados da corte. Hoje, quinta-feira, quase 48 horas após o ataque, o STJ não existe virtualmente.

Técnicos do tribunal e peritos de empresas terceirizadas não conseguiram quebrar até agora a criptografia – e talvez nunca consigam. Neste momento, a íntegra do acervo do segundo tribunal mais importante da República está bloqueada e indisponível.

Trata-se, seguramente, do mais grave ataque digital já cometido contra um órgão de estado do Brasil.

Por:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *