Tailândia tem sofrido durante anos com as péssimas condições da PA-150, agora o Governo do Estado promete reconstruir a rodovia.

pavimentacao-pa

Pavimentação da rodovia PA-279, km 130 no trecho entre Xinguara e São Félix do Xingu

O Governo do Pará está investindo na melhoria da infraestrutura viária do Estado. Nos últimos dois anos, são quatro rodovias estaduais entregues totalmente revitalizadas, outras duas com obras em fase de conclusão a serem inauguradas nos próximos dias e mais três já em fase de serviços, sendo uma delas a Alça Viária, principal corredor que interliga a Região Metropolitana de Belém ao interior do estado.

São mais de 1.100 quilômetros de estradas recuperados ou em processo de manutenção e mais de R$ 900 milhões aplicados na melhoria da malha viária estadual. O investimento faz parte das ações estratégicas do Governo do Estado, que tem na redução da pobreza e das desigualdades a sua principal bandeira.

Para o governador Simão Jatene, as obras de infraestrutura viária refletem diretamente na melhoria da qualidade de vida da população, pois ajudam a promover o desenvolvimento, garantem o escoamento da produção agrícola, a captação de empreendimentos, além de assegurar uma viagem mais rápida e segura para quem precisa se deslocar por via terrestre.

Nos últimos meses, o governo tem intensificado a entrega de rodovias reconstruídas e reformadas. No último fim de semana foram entregues à população, totalmente revitalizadas, as PAs 424, em Santo Antônio do Prata, e 127, que liga a BR-316 aos municípios de Igarapé-Açu, Magalhães Barata e Maracanã. Antes disso também foram inauguradas a PA-238, de acesso ao município de Colares, com extensão de 26 quilômetros e fruto de um investimento de R$ 11 milhões, e a PA-431, em Mojuí dos Campos, com extensão de 10 quilômetros e investimento de R$ 6 milhões.

Nos próximos dias o governo entregará a rodovia Perna Sul, que liga a Alça Viária ao município do Acará, com 34 quilômetros, obra orçada em R$ 46 milhões, e a PA-275, com 66 quilômetros e onde foram investidos, em obras de pavimentação, sinalização vertical e horizontal e construção de acostamento, um total de R$ 26 milhões.

A Alça Viária, principal via de acesso ao sul e sudeste do Pará, também está sendo revitalizada em seus quase 70 quilômetros de extensão, obra estimada em R$ 88 milhões. Já a PA-279, entre Tucumã e São Félix do Xingu, está sendo pavimentada pela primeira vez. O Governo está investindo R$ 37 milhões nos seus 52 quilômetros.

Mais obras

Durante os encontros que vem realizando com prefeitos das diversas regiões do Pará, o governador Simão Jatene tem anunciado mais investimentos na malha viária. Foi assim em Redenção, quando ele anunciou a pavimentação da PA-411, que liga Santana do Araguaia ao Estado do Tocantins. Serão pavimentados 46 quilômetros. O Governo do Estado investirá na obra mais de R$ 52 milhões.

Em Santarém, o governador anunciou melhorias para a PA-255, em Monte Alegre, que tem 86 quilômetros e vai ter investimento de R$ 104 milhões para sua pavimentação. Já na PA-254, o governo vai investir R$ 20 milhões.

Outra importante obra é a reconstrução da PA-150, que liga o sul e sudeste do Estado à capital, Belém. Homens trabalham no trecho entre Moju e Tailândia, onde o governo investe R$ 73 milhões. O trecho de Tailândia a Goianésia, que tem 90 quilômetros e teve investimento de R$ 39 milhões, já foi concluído. O trecho de Tailândia à Moju no entanto, parece interminável.

A Secretaria de Transportes está licitando também a parte da rodovia que vai de Goianésia até Morada Nova, em Marabá, que tem 160 quilômetros  de extensão e onde vão ser investidos R$ 272 milhões. A licitação deve ser concluída nos próximos dias. Estão sendo investidos no total, na PA-150, R$ 384 milhões.

“Algumas dessas rodovias estavam em estado precário de tráfego quando assumimos em 2011. Agora estamos devolvendo para a população estas vias pavimentadas e reconstruídas, o que vai possibilitar a melhoria de vida da população por onde passam essas rodovias”, festejou Eduardo Carneiro, secretário de Estado de Transportes.

Pontes

A Setran está executando também um programa de construção de 81 novas pontes, que totalizam um investimento de R$ 125 milhões. As pontes transpõem rios e igarapés que cortam rodovias estaduais em todas as regiões do Pará. Se somadas, estas construções ultrapassariam 2,8 km de extensão.

As novas estruturas, feitas em concreto pré-moldado ou em estrutura mista com arco de metal, substituem as antigas pontes de madeira. Três destas novas pontes já foram concluídas e entregues à população de Mojuí dos Campos, na PA-445; de Conceição do Araguaia, sobre o rio Arraias, na PA-287; e na PA-252, sobre o igarapé Paneiro.

Outra ponte de grande importância para a economia paraense fica sobre o rio Capim, que representa um investimento de R$ 67 milhões e vai interligar a rodovia PA-252, entre os municípios de Concórdia do Pará e Mãe do Rio. A obra, com extensão de 560 metros de comprimento por dez metros de largura, cruza as águas do rio da região nordeste. A ponte sobre o rio Mojuzinho, entre Goianésia e Tucuruí, no sudeste paraense, tem 160 metros de extensão, teve um investimento de R$ 7 milhões e deve ser entregue à população no mês de julho.

Na região da Calha Norte, no Baixo Amazonas, a Setran está construindo a ponte sobre o rio Curuá, que terá uma extensão de 360 metros por oito de largura. A obra vai possibilitar o trânsito sem interrupção na rodovia PA-254 e beneficiará os municípios de Alenquer e Óbidos, além das demais cidades do lado esquerdo do rio Amazonas.

Outra importante ponte que está sendo construída pela secretaria está localizada sobre o rio Igarapé-Miri e vai ter 580 metros de extensão e um investimento de R$ 51 milhões. Em Bragança quatro pontes estão sendo construídas na rodovia PA-458, que dá acesso à praia de Ajurutueua. São 278 metros de pontes e um investimento de aproximadamente R$ 17 milhões.

[divide style=”2″]

Para acompanhar mais notícias de Tailândia, Curta o Portal Tailândia no Facebook: facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.