google-nsa-espion

Foto: reprodução

Em carta dirigida ao FBI e à Secretaria de Justiça, o Google pede permissão das autoridades para divulgar todas as requisições feitas pela Agência Nacional de Segurança, NSA em inglês. “Não temos nada a esconder”, afirma.

O Google nega que a NSA tenha tido amplo acesso aos seus servidores e afirma que o número de informações repassadas ao órgão de inteligência são menores do que o imaginado.

“As afirmações na imprensa sobre o fato de nosso cumprimento destas solicitações dar acesso sem restrições ao governo dos EUA aos dados de nossos usuários são falsas”, informa a carta assinada por pelo chefe de assuntos legais da empresa, David Drummond.

Desde a semana passada, a companhia é acusada — juntamente com outras gigantes da internet– de cooperar com o governo na espionagem de cidadãos comuns deflagrada após documentos publicados pelo jornal britânico The Guardian. Um ex-funcionário da CIA assumiu a responsabilidade pelo vazamento.

 

Olhar Digital

Para acompanhar mais notícias de Tailândia, Curta o Portal Tailândia no Facebook: facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.