Foto: Reprodução/Instagram

A vaquinha virtual organizada pelo goleiro Bruno Fernandes com ajuda da esposa, para pagar a pensão do filho que teve com Eliza Samudio foi sucesso na internet e, em poucos dias, arrecadou quase R$ 25 mil. Mas, o atleta sacou o dinheiro e até o momento não depositou a quantia na conta da avó da criança, Sônia Moura.

Segundo informações, oficiais de justiça tentaram intimar Bruno em pelo menos três oportunidades, mas, até o momento o atleta não foi encontrado no endereço informado no cartório de execução penal. A avó de Bruninho, o valor arrecado pelo goleiro não chegou às mãos dela.

A dívida não paga desde o ano de 2012 chega a R$ 90 mil. Bruno teria entrado em contato com a defesa do filho e alegado que não teria condição de arcar com o valor devido por conta de pensão alimentícia. Em maio, Bruno teve a prisão decretada pela Justiça de Mato Grosso, mas, a Polícia Civil em Angra dos Reis, onde supostamente o goleiro residia, não realizou a prisão. Até que a prisão foi determinada pela Justiça em Cabo Frio, Rio de Janeiro.

Por: Portal O Dia

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.