Reprodução

Um caso desafiador para pais e médicos aconteceu na Índia. Uma mulher deu à luz gêmeas ligadas pelos membros inferiores nesta segunda-feira, 5. Os bebês compartilham o mesmo estômago e a maioria dos órgãos vitais, e possuem duas pernas e quatro braços.

A mãe das meninas, Shaheen Begum, soube que as gêmeas eram siamesas apenas quando deu à luz. Médicos sabiam que os bebês estavam unidos, mas ficaram se surpreenderam com a forma de fusão dos corpos.

“O ultrassom mostrou que os bebês estavam unidos, mas quando saíram, eram gêmeos siameses. Eles estão unidos e têm duas cabeças, quatro mãos e duas pernas, mas compartilham o estômago”, disse o médico Gaurav Mishra, segundo o jornal Daily Star. OS recém-nascidos tiveram problemas clínicos, mas sobreviveram. “Ressuscitamos os bebês, mas os encaminhamos a um hospital avançado para analisar sua condição e seu futuro. Eles são extremamente raros”, acrescentou o profissional.

Os pais não tinham condições financeiras para exames médicos regulares e ultrassom, segundo o jornal. Mohammed Yaseen, o pai, teve queda brusca na renda durante a pandemia do coronavírus. O casal já tem uma filha de cinco anos.

A família tem esperança de que seja feita uma cirurgia para separar os bebês, mas as taxas de sobrevivência geral de gêmeos siameses são de 5% a 25%.

Como gêmeos siameses se desenvolvem a partir de um único óvulo fertilizado, são sempre idênticos e do mesmo sexo. Gêmeas siamesas femininas têm um pouco mais de chance de sobreviver que bebês na mesma situação do sexo masculino.

Por: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *