Crédito: Reprodução

A Polícia Civil do Estado de Goiás já concluiu uma das investigações sobre as participações de outras pessoas na fuga do bandido Lázaro Barbosa, conhecido por ser o “Serial Killer” e assassinar várias pessoas em alguns estados do país. Foram indiciadas a ex-sogra de Lázaro, Isabel Evangelista De Sousa, e as ex-companheiras, Luana Cristina Evangelista Barreto e Ellen Vieira da Silva.

O inquérito foi enviado ao judiciário no último dia, 22, segundo o site do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO).

Lázaro Barbosa foi morto durante um confronto com policiais militares goianos no final do mês passado no Entorno do Distrito Federal. Após cometer uma chacina em Brasília, ele passou 20 dias fugindo das forças policiais de Goiás, Distrito Federal e da União.

Por: Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *