Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Após troca de tiros entre policias e um grupo de traficantes de uma facção criminosa, segundo a PM, dezessete pessoas foram mortas na madrugada desta quarta-feira (30), em Manaus, no Amazonas. A polícia disse que o grupo se preparava para cometer homicídios de rivais com o objetivo de tomar o controle de áreas de tráfico na região.

Foto: Reprodução/Rede Amazônica

De acordo com o comandante geral da PM, coronel Ayrton Norte, a polícia recebeu a denúncia de que cerca de 50 pessoas armadas estariam em um caminhão baú, em direção a um beco conhecido como JB Silva, na Zona Sul da cidade.

O objetivo, segundo o comandante, era atacar uma facção rival. Nenhum PM foi baleado, e as viaturas que atuaram na ação não têm marcas de tiros.

Na abordagem policial, a maior parte dos suspeitos conseguiu fugir. Ainda não se tem informações sobre a localização do caminhão que era usado pelo grupo. Todos os 17 baleados foram conduzidos ao Pronto-Socorro e Hospital 28 de agosto, onde foram confirmadas as mortes. Eles serão levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Manaus ao longo da manhã.

A polícia apreendeu durante a ação 17 armas de fogo, entre revólveres e armas de grosso calibre. Elas foram apresentadas pela PM em frente ao hospital, em cima das viaturas.

Com informações G1/AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *