A pastora e deputada federal Flordelis publicou um novo vídeo neste sábado, 31, para se defender das acusações contra ela no processo que investiga a morte do pastor Anderson do Carmo. Na gravação, Flordelis afirma que o processo contra ela tem a intenção de “descontruir” a imagem dela.

“A denúncia foi aceita e está dentro de um processo para descontruir a minha imagem. E o que mais me espanta nisso tudo é que esses depoimentos de anônimos e até de pessoas que têm o nome escrito aqui [no processo] não são depoimentos, são apenas falas. Não há provas contidas aqui”, afirmou a deputada no vídeo.

A deputada também rebate as acusações de que ela comandaria uma seita. “Cadê a prova de que eu era essa seita? Cadê a prova de que eu, meu marido e todas as pessoas que me acompanhavam faziam parte de uma seita religiosa? Eu quero provas concretas a esse respeito”, disse.

De acordo com Flordelis, os depoimentos não teriam provas e por isso não teriam validade. “Agora eu decidir me erguer, me levantar, porque agora o processo saiu de segredo de Justiça. Eu agora tenho acesso a ele. Estou lendo pausadamente cada página desse processo”, contou a deputada.

A pastora afirmou ainda que estão tentando destruir a vida dela com mentiras “de maneira cruel e covarde”. “Eu estou sofrendo, mas eu não vou permitir que continuem fazendo isso sem que eu reaja”.

Por Roma News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *