“A consciência e a preocupação com o meio ambiente” foram o foco da quarta edição da feira tecnológica da região do baixo Tocantins, realizada neste fim de semana, no município de Barcarena nordeste do estado. A feira é organizada pelo Instituto de Educação Permanente da Amazônia (Iepan). Pelo menos três mil pessoas passaram pelo ginásio de esportes do Cabana Clube, núcleo urbano de Barcarena.

O evento contou com alunos de escolas de Barcarena e Abaetetuba. Dentre os inventos um protótipo de guindaste, totalmente manuseado por controle remoto, foi um dos projetos que mais chamaram atenção, porque futuramente poderá ser usado em cargas consideradas perigosas, explicou um dos alunos do curso de Eletrotécnica.

Já alunos de mecânica hidráulica, criaram um robô com materiais totalmente recicláveis, mostrando bastante criatividade, o que chamou bastante atenção principalmente das crianças.

Outra novidade deste ano foi um carro movido a água, tendo usado como combustível nitrogênio produzido pelos próprios alunos.

Segundo o professor Claudio Cunha, a maior importância da feira foi mostrar que alunos das regiões ribeirinhas do Baixo Tocantins, hoje estão suprindo a necessidade de mão de obra qualificada para as grandes empresas do pólo industrial de Barcarena e até mesmo do Brasil comentou.

 

DOL, com informações do repórter de Barcarena Helon Perez

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.