Foto: Divulgação

Dois irmãos morreram após serem atacadas por peixe elétrico (puraquê). Eles voltavam de uma roça com os pais, quando um dos meninos foi atacado pelo peixei, o irmão mais velho tentou salvar o menor, mas acabou morrendo também.

Widean Ferreira da conceição e Lucas Ryan Rocha dos Santos”, de 12 e 9 anos de idade, respectivamente, ainda chegaram a ser socorridos, mas não resistiram a descarga elétrica.

O fato ocorreu na tarde de terça-feira (30), em um lago no bairro Trizidela, em Bacabal, no estado do Maranhão.

O PEIXE

O poraquê (Electrophorus electricus) é uma espécie de peixe actinopterígio, gimnotiforme, que pode chegar a dois metros de comprimento e pesar cerca de vinte quilogramas. É uma das conhecidas espécies de peixe-elétrico, com capacidade de geração elétrica que varia de cerca de trezentos volts,  cerca de 0,5 ampères até cerca de 860 volts a cerca de três ampères.

O poraquê ficou conhecido mundialmente por sua capacidade de produzir descargas elétricas elevadas, suficientes para matar até um cavalo, despertando a curiosidade de muitos pesquisadores. Essas descargas são produzidas por células muscularesespeciais, modificadas – os eletrócitos, sendo o conjunto deles denominado de mioeletroplacas. Cada célula nervosa típica gera um potencial elétrico de cerca de 0,14 volt. Essas células estão concentradas na cauda, que ocupa quatro quintos do comprimento total do peixe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *