Agência Brasil

O detento Luiz Carlos Keller, de 24 anos, contou como matou seu companheiro de cela na Penitenciária Industrial de Blumenau, em Santa Catarina. Em depoimento à Polícia Civil na tarde de quarta-feira (16), o interno contou que arrancou o coração de Alexander Alves, de 27 anos.

As informações são do Correio Braziliense.

O crime ocorreu na noite de terça-feira (15). Os envolvidos teriam brigado, de acordo com o depoimento. O assassino encontrou um bilhete endereçado a Alexander com ordens de uma facção criminosa para que Keller fosse morto.

Os dois começaram a brigar e o acusado deu um “mata-leão” na vítima, que bateu com a cabeça no chão. Keller diz que aproveitou o momento para abrir o peito de Alves e arrancar o coração dele, utilizando uma lâmina de barbear.

Depois, Keller colocou o órgão em uma sacola e entregou aos agentes penitenciários. De acordo com o depoimento, 8 detentos estavam na cela no momento do crime, mas nenhum teria se envolvido.

A polícia investiga o caso e, ao longo da semana, funcionários e outros internos deverão ser ouvidos.

Por:  Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *