O Polo Universitário de Tailândia será um dos visitados | Portal Tailândia-PA

 

Um grupo composto por 40 avaliadores faz até o dia 4 de agosto visitas técnicas em 56 polos do Plano de Formação Docente do Pará (Parfor). O objetivo é avaliar o desenvolvimento do Parfor no Estado, registrando as condições de infraestrutura e recursos humanos, tecnológicos e financeiros do programa, por meio de entrevistas a gestores locais, professores-formadores e professores-alunos das instituições públicas de ensino superior que ofertam os cursos.

O grupo será responsável pela elaboração de um projeto de avaliação do Parfor e pela coordenação das ações previstas nele. Os avaliadores verificarão, de forma contínua, as atividades do plano, reunindo, sistematizando e analisando as informações relativas às questões acadêmicas dos cursos.

A condução dos cursos do Parfor será avaliada levando em consideração sete dimensões: orçamento e gestão; organização didático-pedagógica; corpo docente; administração acadêmica; instalações físicas e funcionamento do polo; incentivo ao acesso e permanência e efeito da formação na atuação.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e as instituições de ensino superior formalizaram, em dezembro de 2006, protocolo a partir do qual se passou a formular proposições e adotar ações e procedimentos visando à formação de professores e consequentemente a melhoria da educação pública no Estado.

Em 13 de junho de 2008, atendendo à solicitação da secretaria, ocorreu uma reunião cujo objetivo era propor a elaboração de um Plano de Formação Docente capaz de reverter os índices de escolarização da educação básica do Pará, revelados pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ministério da Educação (MEC).

Em 2009, a Seduc e as instituições assinaram acordo de cooperação técnica com o MEC/ Capes para desenvolver o Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica, no âmbito do Pará, amparados no Decreto Presidencial nº 6.755/ 2009 e Portaria MEC nº 883/ 2009, instituindo-se, em novembro 2009, o Fórum Estadual Permanente de Apoio à Formação Docente do Pará.

A fim de organizar e acompanhar o Plano Estadual do Pará, o Fórum Estadual Permanente vem empenhando-se em cumprir as funções estabelecidas nos referidos documentos, dando encaminhamentos aos diversos temas relacionados à formação de professores no Pará.

Dentre outras atribuições, o Decreto estabelece para o fórum “acompanhar a execução do Plano Estratégico e promover sua revisão”. Com essa finalidade, o Fórum designou uma Comissão de Avaliação, com representantes das Instituições e Entidades participantes do Fórum para verificar o andamento do Plano no Pará.

 

 

Agência Pará

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.