Nesta quinta-feira, 3, o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), emitiu um alerta sobre o aumento de incidentes relacionados a queimaduras e ferimentos decorrentes do uso inadequado das bombas de artifício e foguetes que crescem neste mês, mesmo com a pandemia.

O capitão Israel Souza confirma que a maioria das ocorrências é relacionada ao mal uso dos materiais, e também dá dicas de segurança “Algumas pessoas têm o costume do uso inadequado, como colocar bombinhas em garrafas, em tijolos, e outras têm o costume de utilizar acelerantes na fogueira, como combustível e álcool. Também há outro comportamento inadequado: direcionar o foguete na direção de outras pessoas” diz.

Portanto, ao fazer a compra de foguetes, é indispensável saber que a compra deve ser feita em locais autorizados, o que garante que os artefatos tenham sido inspecionados previamente pelo Exército e Corpo de Bombeiros, além de fazer fogueiras longe das residências e também longe do alcance de outros materiais combustíveis. “É fundamental também redobrar a vigilância com as crianças, soltar foguetes apenas em locais abertos, longe da rede elétrica e sempre sendo manuseados por adultos”, recomenda o capitão.

Israel também reforçar que, em casos de emergência como algum acidente ou a observação do uso desses foguetes em uma situação perigosa, é possível acionar a corporação pelo número 193.

Por Roma News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *