Muitos desafios envolvem as cidades brasileiras: lixo, obras públicas, trânsito, iluminação, entre outros. A participação ativa dos moradores, contudo, pode colaborar para que esses problemas urbanos sejam resolvidos de forma mais rápida e eficiente. Pensando nisso, diversos aplicativos surgiram para os cidadãos ajudarem a melhorar os seus municípios. Eles oferecem ferramentas que permitem fiscalizar, denunciar, compartilhar informações importantes ou discutir alternativas para problemas comuns nos grandes e pequenos centros. Confira quatro sugestões abaixo!

Colab

Eleito o melhor aplicativo do mundo, em 2013, pelo Prêmio AppMyCity, o Colab funciona como uma rede social voltada para ajudar a solucionar problemas comuns na cidade, como lixo, trânsito, dengue ou outros. A plataforma opera a partir de três áreas: Fiscalize, Proponha e Avalie. A primeira é voltada para problemas urbanos; a segunda para a discussão coletiva de projetos e a última para avaliação de entidades e serviços ligados ao poder público. Os problemas relatados são encaminhados aos órgãos responsáveis. Disponível para Android (https://play.google.com/store/apps/details?id=thirtyideas.colab_android&hl=pt_BR) e iOS (https://itunes.apple.com/br/app/colab/id609666061?mt=8).

Monitorando a cidade

O objetivo do aplicativo é auxiliar pessoas, comunidades e organizações da sociedade civil a monitorarem os compromissos assumidos pela administração pública. As ferramentas disponibilizadas ajudam a identificar problemas que afetam a cidade, organizar campanhas locais e coletar dados por meio de formulários. Os dados podem ser compartilhados na forma de gráficos e mapas, e disponibilizados para os demais usuários – online e offline. Acessível por Android (https://play.google.com/store/apps/details?id=com.ionicframework.monitorandoacidade&hl=pt_BR) e iOS (https://itunes.apple.com/br/app/monitorando-a-cidade/id984055909?mt=8).

Sem dengue

O aplicativo ajuda as pessoas a fiscalizarem e  informarem o poder público sobre possíveis focos de infestação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus. Atualmente, 36 prefeituras já utilizam o aplicativo. Por meio do app, o usuário pode fotografar o foco e informar o local exato utilizando a tecnologia GPS do seu celular. A plataforma também pode ser utilizada para planejar ações educativas e mutirões comunitários. Disponível para Android (https://play.google.com/store/apps/details?id=colab.semdengue&hl=pt_BR) e iOS (https://itunes.apple.com/br/app/sem-dengue/id1072415965?mt=8).

– Cidadera

O aplicativo permite denunciar diversos problemas das cidades. O menu inclui: acessibilidade, água e esgoto, alagamento, árvores, buracos, educação, energia, iluminação, lixo, local público, mato alto, obra pública, pedestre, poluição do ar, poluição sonora, poluição visual, queimada, transporte, trânsito e saúde. Os usuários podem apoiar as reclamações de colegas e ainda as difundir nas redes sociais. Para completar, uma ferramenta possibilita mensurar como está o alcance da sua queixa. Acessível por Android (https://play.google.com/store/apps/details?id=com.cidadera&hl=pt_BR) e iOS (https://itunes.apple.com/br/app/cidadera/id682939449?mt=8).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *