“Caveira” antes e depois de mutilar o nariz (Arquivo Pessoal)

Fernando Franco de Oliveira, o “Caveira”, tirou a ponta do nariz, tem a língua bifurcada e dentes de vampiro, além de 99% do corpo tatuado. Neste Dia do Tatuador, comemorado neste dia 20 de julho, ele se diz “viciado” na dor das agulhas.

“Caveira” é dono de um estúdio de tatuagem em Tatuí, no interior de São Paulo, e é adepto das modificações corporais. “Eu tenho língua bifurcada, orelha de ‘orc’, dentes de vampiro e implantes de chifres na cabeça. E agora a última que eu fiz, para assustar de vez, foi o nariz. Mutilei para ficar com cara de caveira, com um cara que faz modificação corporal”, explicou.

O tatuador disse que, mesmo com o nariz mutilado, ele consegue respirar normalmente, mas teve que redobrar os cuidados para a cicatrização da operação realizada em março desse ano. Fernando ainda quer mais implantes na cabeça e, talvez, mutilar mais as orelhas.

“Tenho tudo tatuado, só falta a palma das mãos e a sola dos pés. Eu paguei pelas minhas tatuagens, mas se eu encano com algum desenho, eu mesmo retoco. Eu gosto muito da dor da agulha, eu sou viciado, aí de vez em quando sinto a necessidade de retocar porque não tenho mais espaço no corpo”, destacou.

“Na realidade eu sempre gostei de ser diferente, eu nunca gostei de ser igual à sociedade, entendeu? O pobre, para ser diferente, precisa tatuar o corpo inteiro, não tem outra forma de aparecer”, completou “Caveira”. “Até hoje o título é meu. Mais tatuado que eu só se a pessoa começar a tatuar por dentro, no fígado e tudo mais”, disse

Ele define as tatuagens e modificações corporais como expressões artísticas, que não têm a ver com crenças e religiões. O tatuador garantiu que não bebe, não fuma ou usa drogas. “A maioria pede para tirar foto quando me vê na rua, mas o resto fica falando que é o ‘satanás’. Mas a pessoa tem que ser julgada por dentro, não por fora, isso não tem nada a ver”, defendeu.

Por: G1 Itapetininga e região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *