Combustíveis e energia elétrica estão ‘extremamente tributados’, diz ACSP PIXABAY

Durante o início da madrugada desta terça-feira, exatamente a 1h37 da manhã, a população brasileira atingiu a marca de R$ 1 trilhão pago em  impostos desde o início deste ano. O cálculo foi feito pelo Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). No ano passado, a marca só foi alcançada na segunda quinzena deste mês, no dia 19 de maio.

Os impostos em questão correspondem ao total pago para a União, estados e municípios na forma de impostos, taxas, multas e contribuições. Em nota, a ACSP diz que a maior arrecadação observada neste ano tem como base a inflação elevada, que atualmente está acima de 10%.

Marcel Solimeo, economista da ACSP, explica que “Quanto maior o preço, maior o imposto embutido. Alguns itens estão extremamente tributados, como o caso dos combustíveis e da energia elétrica”.

Impostômetro

Criado em 2005, o Impostômetro foi criado para estimar o valor total que a população brasileira paga em impostos, taxas, contribuições e multas para a União, estados e municípios.

O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet pela página de mesmo nome. Por meio da ferramenta, criada em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), é possível acompanhar quanto o país, os estados e os municípios estão arrecadando com tributos e também saber o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado.

Por: G1

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.