Além da greve de ônibus, deflagrada nesta quarta-feira (9), a população de Belém também sofreu com a falta de energia – Portal Tailândia

Com os semáforos desligados, o trânsito ficou complicado em Belém (Foto: Alex Ribeiro)

Além da greve de ônibus, deflagrada nesta quarta-feira (9), a população de Belém também sofreu com a falta de energia. No início da tarde, cerca de 70% dos bairros da capital paraense ficou sem o fornecimento de energia elétrica. O problema foi solucionado por volta das 14h.

Segundo a Celpa, o problema foi em uma estação da Eletronorte, em Tucuruí, que faz a distribuição para a maior parte de Belém. As principais vias  públicas da cidade, como as avenidas Almirante Barroso, Pedro Álvares Cabral, o bairro de São Brás, entre outros, enfrentaram um apagão, que prejudicou também o trânsito provocando congestionamento.

Vários semáforos ficaram apagados. Na avenida Nazaré, os sinais ficaram apagados das travessas Dr Moraes até a Quintino Bocaiuva. Nenhum agente da CTBel (Companhia de Transportes de Belém) foi encontrado nos locais para organizar o trânsito.

Em nota, a Eletronorte informou que ocorreu um “desligamento automático de duas linhas de transmissão de 500 kv do trecho Tucurui – Vila do Conde, causando perda total das cargas da Celpa alimentadas pela Subestação do Guamá e perda parcial das cargas alimentadas pela subestação de Utinga”. Cerca de 30 minutos depois, técnicos da empresa conseguiram resolver o problema e a distribuição de energia foi disponibilizada para a Celpa.

 

DOL

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.