Superinteressante – Portal Tailândia-PA

Sabe aquele barulhinho de gente conversando no café? Então, ele pode te ajudar a resolver um problema de um jeito mais criativo. Só não vale insistir em ficar lá se o lugar estiver muito barulhento – imagine se o som de fundo for uma criança chorando ou uma furadeira, aí não dá, né?

Quem diz são os pesquisadores da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos. Eles fizeram o teste com voluntários em lugares diferentes, como cafeteria, escritórios com barulho de trânsito pesado, televisão ou construção. Em ambientes silenciosos (até 50 decibéis, equivalente ao som leve do ar condicionado), quando tiveram de completar tarefas que exigiamsoluções criativas, os participantes não se saíram tão bem. Quando foram até outro ambiente em que o barulho chegava a 70 decibéis (barulho de gente falando alto, mas sem gritar), o resultado foi melhor. Mas, como esperado, acima de 85 decibéis (sabe o som de uma máquina de lavar perto de você? É por aí) o barulho prejudicava o trabalho criativo.

Segundo o estudo, um barulhinho de leve faz bem para o cérebro. “Ao invés de se enterrar numa sala silenciosa para encontrar uma solução, sair da zona de conforto e entrar em um ambiente relativamente barulhento pode fazer com que o cérebro pense de forma mais abstrata, e então gerar ideias criativas”, explica Ravi Mehta, líder da pesquisa.

Pronto, agora você tem uma boa desculpa para fugir do escritório.

Crédito da foto: flickr.com/23347059@N06

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.