Um policial militar foi baleada em Salvador após 3h30 de negociação com equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), no início da noite.

O PM teve um surto psicótico, no Farol da Barra, ponto turístico da Capital baiana, e começou a tirar para o alto. Em um determinado momento ele atira contra uma equipe da polícia e foi atingido.

O PM foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), o onde está intubado, em estado grave.

Confira a ordem cronológica dos fatos:

•           14H: A ocorrência se iniciou quando o militar chegou armado com fuzil e pistola, na Barra. Imediatamente ele iniciou disparos de fuzil para o alto. Ele foi cercado por unidades do CPR Atlântico e especializadas, que isolaram o local.
•           15H: de acordo com a SSP, uma equipe do Bope iniciou a negociação. O soldado alternava momentos de lucidez com acessos de raiva, acompanhados de disparos. De acordo com o órgão de segurança pública, além dos tiros de fuzil, o soldado arremessou grades, isopores e bicicletas, no mar.
•           18H35: O soldado teria falado que havia chegado o momento, fez uma contagem regressiva e iniciou os disparos contra as equipes do Bope. Após pelo menos 10 tiros, o soldado foi neutralizado e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE).
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *