Auxílio será dividido em quatro parcelas. | Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A nova rodada do Auxílio Emergencial será iniciada a partir do início do mês de abril, mas, segundo o Ministério da Cidadania, as datas ainda não foram definidas. A nova medida provisória chega com mudanças, a exemplo do valor recebido e quem será beneficiado.

Tem direito: famílias com renda per capita de até meio salário mínimo e renda mensal total de até três salários mínimos e benefícios do Bolsa Família, que poderão escolher o valor com maior parcela.

O auxílio será dividido em quatro parcelas de R$250, em média. O benefício será limitado a uma pessoa por família, mas mulheres chefes de família monoparentais poderão receber R$375. Já os que têm direito e moram sozinhos receberão apenas R$150.

A estimativa é que a nova medida renda aos cofres públicos, ao todo, R$43 bilhões e alcance 45,6 milhões de famílias.

Calendário do Bolsa Família

Apesar da pasta afirmar que as datas não foram definidas, trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família recebem os pagamentos a partir de 16 de abril, conforme calendário divulgado antecipadamente:

Primeira parcela do auxílio emergencial aos que fazem parte do Bolsa Família
Primeira parcela do auxílio emergencial aos que fazem parte do Bolsa Família Reprodução

Por: Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *