O repasse total para o mês é de R$ 12,47 bilhões (Crédito: Júlio Dutra / Ministério da Cidadania)

Mais de 20,65 milhões de famílias começam a receber no dia 19 de setembro o repasse mensal de, no mínimo, R$ 600 do programa Auxílio Brasil, do Ministério da Cidadania. O repasse total para o mês é de R$ 12,47 bilhões.

Na segunda-feira (19), recebem os beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 1. O cronograma de repasses segue o calendário até 30 de setembro (veja abaixo).

O Nordeste é a região com o maior número de famílias atendidas. São 9,58 milhões. Na sequência aparecem o Sudeste (6,11 milhões), o Norte (2,48 milhões), o Sul (1,37 milhão) e o Centro-Oeste (1,08 milhão).

Por Unidades Federativas, a Bahia é o estado com maior abrangência de contemplados. São 2,53 milhões de famílias. A lista segue com São Paulo (2,48 milhões), Rio de Janeiro (1,74 milhão), Pernambuco (1,65 milhão), Minas Gerais (1,59 milhão) e Ceará (1,45 milhão).

O Auxílio Brasil é voltado a famílias em situação de vulnerabilidade econômica e social. Para serem habilitadas, é preciso atender critérios de elegibilidade, como apresentar renda per capita classificada como situação de pobreza ou de extrema pobreza, ter os dados atualizados no Cadastro Único nos últimos 24 meses e não ter informações divergentes entre as declaradas no cadastro e as de outras bases de dados federais.

A seleção é feita de forma automática, considerando a estimativa de pobreza, a quantidade de famílias atendidas em cada município e o limite orçamentário anual do Auxílio Brasil.

Por: Istoé

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.