Reprodução/ Vinícius Schmidt/Metrópoles

Graças à aprovação da PEC dos Auxílios na Câmara dos Deputados, na quarta-feira (13/7), o governo federal começa a pagar, no próximo mês, o novo Auxílio Brasil de R$ 600. O benefício, atualmente, é de R$ 400. A proposta também pretende zerar a fila de beneficiários que ainda aguardam a inclusão no programa social.

Segundo o governo federal, o auxílio turbinado deve começar a ser concedido no dia 18 de agosto e vai durar até o fim de 2022. Durante a votação da proposta, a oposição buscou fazer com que a vigência do Auxílio Brasil de R$ 600 fosse pago de maneira permanente, mas foi rejeitada.

Confira detalhes do benefício:

Todas as propostas previstas na PEC têm caráter temporário e limitado ao exercício deste ano. Ou seja, os benefícios previstos por ela só terão validade até dezembro.

Com a PEC dos Auxílios, o governo pretende injeta R$ 41,25 bilhões em programas sociais vigentes e na criação de novos benefícios a serem pagos este ano, em razão de um estado de excepcionalidade provocado pela escalada da inflação e pela crise nos preços de combustíveis.

Veja os benefícios da PEC dos Auxílios:

  1. Auxílio Brasil de R$ 600 (o benefício atual é de R$ 400 e a proposta prevê aumento de R$ 200);
  2. Vale-gás no valor de um botijão por bimestre;
  3. Auxílio financeiro de R$ 1 mil para caminhoneiros autônomos de carga; e
  4. Auxílio financeiro para motoristas de táxi (valor ainda não definido).

Por: Metrópoles

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.