Um adolescente de 13 anos morreu após ser atingido por um disparo acidental na noite desta quinta-feira (10) no município de Itaituba, no sudoeste paraense. A vítima, identificada como Daniel de Sousa, teria saído para caçar quando o acidente ocorreu, em uma comunidade localizada a 10 quilômetros da Estrada de Barreiras.

Segundo informações da população local, o menino caiu em um buraco com o armamento nas costas. Foi neste momento que, provavelmente, a coronha da espingarda bateu no chão e disparou acidentalmente, atingindo o pescoço do garoto. Ele não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no local.

Nesta semana, um disparo acidental também matou David Barroso Amaral, de 32 anos, no município de Marituba, em Belém. A vítima se preparava para ir trabalhar, na última quarta-feira (9), quando foi manusear a arma de fogo caseira pelo cano e o gatilho foi acionado. O disparo atingiu o peito do trabalhador. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito dentro da própria casa.

No dia 20 de maio, uma criança também morreu ao manusear a arma do pai, uma pistola modelo Taurus, que estava trancada dentro de uma gaveta em um dos cômodos da residência da família. Luiz Fernando Alves e Silva, de 10 anos, foi atingido na cabeça. O caso ocorreu na Cidade Nova 5, em Ananindeua.

Por O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *