Quatro pessoas foram presas em uma operação da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), por atentado contra a vida de policiais penais no Pará.

Segundo informações os criminosos foram transferidos para presídio federais neste fim de semana.

Na última semana áudios que sugeriam negociação entre o alto comando da Seap e membros de facção vazaram nas redes sociais. Os ataques aos agentes penais tiveram inicio, após uma nota circular de possíveis integrantes de facção informarem que os agentes não teriam cumprido sua parte no acordo e por esse motivo, todos os órgãos públicos e agentes penais no Pará iriam morrer. Em seguida, foram registrados vários ataques ao agentes penitenciários.

De acordo com a Seap, os presos transferidos são considerados de alta periculosidade e de grande relevância para organização criminosa.

Na última sexta (26), os quatro foram apresentados na Divisão de Homicídios, em São Brás, onde prestaram depoimento sobre as mortes e ataques aos policiais penais e demais servidores de segurança pública do Estado.

A secretaria informou que agentes do Cope seguiram em viagem aérea em avião do Graesp para entrega dos presos ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen), em Brasília. O órgão federal deve encaminhar os custodiados para presídios federais de outros estados.

informações de G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *