Crédito: Reprodução

Catorze dos 27 governadores do País, incluindo Helder Barbalho, governador do Pará, assinaram uma carta em que solicitam a revogação do decreto das armas do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

No texto, divulgado nesta terça-feira (21), é pedido que os “poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União atuem tanto para sua imediata revogação como para o avanço de uma efetiva política responsável de armas e munição no país”. 

O decreto, assinado por Bolsonaro no início do mês, amplia a quantidade de categorias e pessoas que têm direito a porte de armas no Brasil. 

O manifesto é assinado pelos governadores dos nove estados do Nordeste e pelos administradores do Distrito Federal, do Amapá, do Tocantins, do Pará e do Espírito Santo. A carta será enviada ao Planalto, segundo assessorias de alguns dos governadores.

Com informações Roma News. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *