O Estádio Olímpico do Pará ficou lotado na noite desta quinta-feira (3) para o jogo da volta entre Paysandu e Coritiba pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Precisando vencer por uma diferença de três gols para se classificar, o time paraense tinha que ir para cima da equipe visitante, mas acabou perdendo por 1 a 0 e foi eliminado da competição.

No início do jogo, o Paysandu parecia um pouco nervoso e o Coritiba começou assustando com duas faltas próximas da área do goleiro Ronaldo. Passados a pressão e o nervosismo, o time paraense tentou criar chances, também com faltas nas proximidades da área adversária, mas sem muito perigo para a meta do goleiro Vanderlei.

O árbitro Francisco Nascimento deixou o jogo um pouco travado no primeiro tempo, com a marcação de algumas faltas bobas, cometidas por ambos os times. Sem chances claras, o jogo foi bastante equilibrado na primeira etapa, mas aos 45 minutos, em uma falta perigosa, Tcheco cobrou por baixo da barreira com categoria sem chances para Ronaldo e abriu o placar no Mangueirão. Com esse placar o Paysandu precisava agora de pelo menos quatro gols para levar a partida para os pênaltis.

No segundo tempo, o Paysandu tentou ser mais ofensivo. O técnico Lecheva trocou o volante Vanderson pelo atacante Adriano Magrão. Tanto que aos quatro minutos, em uma falta perto da área, Jairinho chutou forte e a bola explodiu na trave do goleiro Vanderlei; no rebote, a defesa do Coritiba conseguiu afastar.

Aos dez minutos, o Coritiba faria o segundo com Anderson Aquino, mas o assistente marcou impedimento do atacante no lance. Aos 20 minutos, o Coritiba chegou novamente com perigo, Anderson Aquino, de novo, recebeu livre e chutou cruzado para fora. O Paysandu ainda pressionou no fim em busca do empate, mas sem nenhum sucesso.

Mesmo com a derrota, a torcida bicolor continuou incentivando o time até o final do jogo, reconhecendo a diferença física e técnica entre as equipes. Apesar da eliminação, o time paraense saiu de campo aplaudido e de cabeça erguida pela boa campanha na competição nacional, após fazer história ao passar pela primeira vez as oitavas de final.

Agora o Paysandu volta as atenções para a estreia no Campeonato Brasileiro da Série C, em que o objetivo maior é o acesso para a segunda divisão. O time paraense estreia dia 27 contra o Luverdense, domingo, às 16 horas, no Estádio da Curuzu, em Belém.

FICHA TÉCNICA:

Paysandu: Ronaldo, Yago Pikachu, Thiago Costa, Douglas, Jairinho, Vanderson (Adriano Magrã), Billy, Djalma (Heliton), Harison (Kariri), Thiago Potiguar, Rafael Oliveira. Téc: Lecheva.

Coritiba: Vanderlei, Gil, Demerson, Emerson, Lucas Mendes (Eltinho), Junior Urso, Sergio Manoel, Everton Ribeiro, Tcheco (Luccas Claro), Renan Oliveira, Roberto (Caio Vinícius), Anderson Aquino. Téc: Marcelo Oliveira.

Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL-FIFA)

Local: Estádio Olímpico do Pará, Mangueirão

Renda: R$ 398.635

Público: 39.358

 

Agência Pará

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.