De acordo com a comissão técnica do Palmeiras, o lugar certo da classificação para sua equipe no Campeonato Brasileiro era a 10ª colocação e não a 17ª. Para pressionar a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), os dirigentes começaram a usar como referência o site “Placar Real”, já usado no ano passado por algumas equipes, para mostrar à entidade o tamanho do prejuízo que tem por causa dos erros dos árbitros.

 

Jogadores do Palmeiras já cansaram de reclamar com árbitros

De acordo com o levantamento feito por esse site, o Palmeiras teria seis pontos a mais do que os atuais 13, o que faria o time subir sete posições, deixando a zona de rebaixamento com Santos, Bahia, Atlético-GO e Figueirense. Segundo o “Placar Real”, o time do Palestra Itália é o mais prejudicado, seguido por Corinthians, que teve três pontos “roubados”, e Coritiba, que tem dois.

Os erros que tiraram os seis pontos do Palmeiras aconteceram na derrota para o Cruzeiro, que deveria ser transformada em vitória, no empate diante do Vasco, que precisaria ser contabilizado como triunfo, e no revés diante do Grêmio, que, sem os erros, se transformariam em empate. O site ainda aponta que a derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG deveria ter sido por 3 a 0. Neste caso, no entanto, não há diferença de pontos.

Curiosamente, em outro jogo muito contestado pelo Palmeiras, o site não vê erro. Segundo o “Placar Real”, a derrota por 2 a 0 para o Bahia pode ser mantida da mesma forma.

Além de mandar à CBF ofícios e reclamar presencialmente na entidade que controla o futebol brasileiro, o Palmeiras ainda protocolou a reclamação diante da atuação de Roberto Braatz, na derrota por 2 a 1 diante do Cruzeiro. Segundo os jogadores, o auxiliar que é desafeto de Luiz Felipe Scolari pediu para que “o time morto” saísse de campo.

 

 

uol esportes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.