Copa 2018: Inglaterra e Tunísia. Comemoração do segundo gol da Inglaterra.

A Inglaterra venceu a Tunísia com um gol salvador de Harry Kane no final do jogo. Na última partida de hoje (18), a seleção inglesa, cheia de jogadores jovens, perdeu várias oportunidades de gol no primeiro tempo. E, após todo um segundo tempo sem nenhuma criatividade no ataque, achou seu gol em uma cobrança de escanteio. Além de Kane, Dele Alli e Sterling eram outros jogadores de quem se esperava um bom desempenho, mas ambos tiveram atuação discreta.

Já a Tunísia foi valente na defesa. Neutralizou a maioria dos ataques do adversário, sobretudo no segundo tempo. Evitava dar chutões para frente e tentava sair jogando desde a sua área, mesmo pressionada pelo adversário. O ataque, porém foi completamente nulo. Fez seu gol de pênalti, em uma jogada isolada. Os contra-ataques não evoluíam nos pés de Khazri e F. Ben Youssef, que encontraram muita dificuldade para escapar da marcação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *