(Reprodução)
(Reprodução)
(Reprodução)

Elas não têm só rostinhos e corpos bonitos. Elas são corajosas! Fernanda D'Avila, Letícia Weiss e Carol Agnelo, bailarinas do “Domingão do Faustão”, encararam o desafio que o “Zona de Impacto” propôs e, mesmo sem nunca terem feito stand up paddle, subiram na prancha e percorreram o trecho da Barrinha até a Joatinga, na Barra da Tijuca (Zona Oeste do Rio). O desafio rendeu também videocassetadas, é verdade, mas elas não se deram por vencidas e tiraram onda ao lado do apresentador Gabriel Moojen.

Quem comandou o desafio com as três beldades foi a professora Carla Damásio, que aprovou o dia para a prática do esporte, principalmente para iniciantes: “Vento fraco, mar tranquilo. Vamos ter um pouco de dificuldade só na saída do canal, no quebra-mar”. Para encarar a tarefa, as bailarinas mostram que a condição física está em dia.

Fernanda D'Avila, de 29 anos, há sete faz parte do balé do Faustão. “Meu maior esporte hoje em dia é a musculação. Além do balé, que a gente ensaia toda semana para fazer o Domingão “. Letícia Weiss, de 30, está há cinco entre as bailarinas do Faustão. “Pratico musculação, aeróbico e corrida, mas acho que hoje vai ser punk”, prevê. Carol Agnelo, 24 anos, está há quatro anos e meio no balé do programa. “Faço musculação, aeróbico na academia, só que stand up nunca fiz. Sou bailarina desde os dois anos de idade, mas esse desafio é novo. Vamos ver o que vai ser”.

Com a natação em dia, antes de entrarem na água Fernanda, Letícia e Carol aprenderam um pouco da prática do stand up.

– A gente vai tentar utilizar uma prancha “soft”, uma prancha um pouco mais macia. Se vocês caírem, não machuca tanto – disse Carla, que encarou o trecho com uma prancha “race”, mais estreita, mais leve e veloz. A prancha soft é uma espécie de estrutura de isopor prensado com borracha, com uma borda larga.

Antes de encararem o desafio, outro foi lançado por Gabriel Moojen: fazer a Carla dançar com as bailarinas. “Ela é bonita, tem corpão, tem preparo físico. Tem tudo. Vai ter que fazer”, disparou Fernanda. A instrutora encarou e prometeu a dança.

Letícia (à esquerda), Carol (ao centro), Carla (instrutora, de boné) e Fernanda no desafio de stand up paddle (Foto: SporTV.com)
Letícia (à esquerda), Carol (ao centro), Carla (instrutora, de boné) e Fernanda no desafio de stand up paddle (Foto: SporTV.com)

Elas então saíram da Barrinha para a Joatinga, uma distância de cerca de um quilômetro para ir e mais outro para voltar. E no clima do “Domingão”, não faltaram as videocassetadas, com diversas quedas das pranchas. “Chegou no meio e a gente achou que não íamos conseguir. Mas deram um empurrãozinho e a gente chegou”, contou Carol, já na Joatinga, apesar de avisar: “Estou esperando o táxi aéreo que já chamei, tá chegando, daqui a pouco vocês vão ver ele chegando aqui”, brincou ela, antes de encarar a volta para a Barrinha.

– Eu, como sou corajosa, acho que vou voltar pelo mar. Mas tem que partir logo, porque posso mudar de ideia – avisou Letícia. Já Fernanda não conseguiu passar pelas ondas na saída e voltou mesmo de carona.

– Para mim foi superação total. Desde o começo, não conseguia me equilibrar, estava péssima. Chegando lá na praia, esqueci que tinha a volta. Para voltar foi um caos. Leticia passou muito bem, Carolzinha também. Tentei com a ajuda de todos e na primeira vez foram muitos caldos, tentei a segunda e mais caldos de novo. Não aguentei e voltei de carona. Mas valeu muito à pena. Vou continuar as aulas. A gente acha que dançar é difícil, mas cada esporte tem seu grau de dificuldade, e se você não tiver técnica, não treinar, você não consegue. Toda atividade física precisa de um bom profissional e de um bom professor – ressaltou Fernanda.

– No início foi barra pesada por conta do frio da água, o vento, a correnteza, as ondas, mas na volta a gente veio bem tranquila – disse Leticia na chegada.

– Achei o início fácil, tranquilo, mas chegando lá no meio a água era muito gelada. Eu já não tinha força no braço e não tinha para onde ir. O que vou fazer? Já estava em alto mar, falei: agora já era – admitiu Carol.

– Foram as minhas melhores alunas, porque foi a primeira vez, a primeira aula, e encararam esse vento e esse mar, as meninas estão de parabéns – disse Carla Damásio, que não escapou de dança na beira da praia com as bailarinas do Faustão. E também mandou bem!

Depois de realizarem o desafio do Zona, bailarinas chegaram cansadas (Foto: Reprodução / SporTV)
Depois de realizarem o desafio do Zona, bailarinas chegaram cansadas (Foto: Reprodução / SporTV)
Fernanda e Letícia mostraram coragem para encarar o stand up paddle (Foto: Reprodução / SporTV)
Fernanda e Letícia mostraram coragem para encarar o stand up paddle (Foto: Reprodução / SporTV)

Por SporTV.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *