Uma estreia

O “Fantástico” está se enchendo de novos quadros. Alguns que não têm muito a ver com a sua história. Na noite de hoje estreia o “Phantasmagoria”, com o Tadeu Schmidt visitando “locais assombrados” em todo o Brasil, na companhia do mágico Kronnus. Serão 4 episódios.

Importante lembrar

É natural que o “Fantástico” também acompanhe as mudanças no tempo. Ninguém deseja que o programa mantenha a mesma linha ou os mesmos critérios do “Show da Vida” de 30 ou 40 anos. Mas é importante não perder a sua essência jornalística. As grandes reportagens devem ser sempre o fio condutor. Desviar muito desse caminho, como vem acontecendo, está começando a fazer o programa perder as suas reais características.

Material inédito

A exemplo do que aconteceu em 2011, os episódios do “Planeta Extremo”, exibidos recentemente no “Fantástico”, também entrarão no “Esporte Espetacular” entre outubro e novembro. Mas o diferencial é que desta vez haverá um número maior de histórias e imagens inéditas exclusivas para o programa das manhãs de domingo, realizadas pela equipe do Clayton Conservani. Será praticamente uma outra série.

Calculadora

Se o orçamento permitir, o “Jogo aberto”, apresentado por Renata Fan nas manhãs da Bandeirantes ganhará novos cenários ainda nesta temporada. A equipe já tem uma ideia de como ficará o desenho do programa, mas tudo, como sempre, agora passa a depender de uma série de aprovações.

Na mira

Henri Castelli ainda não está confirmado, mas existe na Globo o desejo de o ator fazer um dos protagonistas de “O Caribe é Aqui”, do Walther Negrão, na fila das 18 horas. O diretor Jayme Monjardim ficou de conversar com ele e acertar os detalhes.

Por enquanto

Agora, com Karyn Bravo ancorando com Carlos Nascimento o “Jornal do SBT – Noite”, Joyce Ribeiro assumiu a apresentação do tempo no “SBT Brasil”. Isto, até chegar o primeiro aviso da cegonha. Joyce está esperando uma menina.
Dobradinha

Mario Frias é, atualmente, o maior Ibope da Rede TV! aos domingos, com “O Último Passageiro” e “Super Bull Brasil” – neste último, além de apresentador é produtor-executivo. Está com os pés nas duas canoas e não vê problema nisso. A televisão é mesmo sua prioridade no momento. Tanto assim, que foi obrigado a deixar o elenco do filme “Ódio” aos 45 do segundo tempo.

Cinema

“A Casa Elétrica” será exibido durante o “40º Festival de Cinema”, dia 17, em Gramado. O filme foi inteiramente rodado em Porto Alegre e conta a historia de três imigrantes italianos, “Os Irmãos Leonetti”, que fundaram uma das primeiras gravadoras e a primeira fábrica de gramofones da América do Sul. No elenco estão André di Mauro, Nicola Siri e o ator argentino Juan Arena.

Treinadora vira boa professora 

Gisele Fróes, a vilã Vitória de “A vida da gente”, rodou em Cataguazes, Minas Gerais, cenas do filme “O menino no espelho”, baseado na obra de Fernando Sabino. No longa-metragem, ela será uma professora de crianças.

Dores do outro lado do arco-íris

Malu Rodrigues, a Bia de “Tapas & beijos”, precisou recorrer a sessões de fisioterapia para amenizar dores na lombar e no quadril. A causa é o sapato que ela usa no musical “O mágico de Oz”.

Record investe em minissérie 

A Record terá quatro câmeras especiais, usadas em cinema, durante as gravações da minissérie “José — De escravo a governador”. A produção foi a Los Angeles para comprar o equipamento.

 

por Flávio Ricco e Patrícia Kogut

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.