A Agropalma, maior produtora de óleo de palma sustentável das Américas, iniciou 2023 com um robusto processo de contratações para Tailândia, Belém e Limeira (SP).

A empresa começou o ano com 88 postos a serem ocupados e, neste momento, ainda possui 38 vagas em aberto para cargos administrativos e operacionais em suas unidades.

São vinte e cinco vagas em Tailândia (PA), sete em Belém (PA) e outras seis para Limeira (SP).

As vagas estão disponíveis no site da Com Talento.

Os interessados em participar do processo seletivo também podem encaminhar seu currículo para o e-mail: vcnaagropalma@agropalma.com.br.

Cursos técnicos

Recentemente, a companhia também abriu vagas para cursos técnicos de capacitação profissional de curta duração em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) para pessoas que residem na cidade de Tailândia (PA).

Os interessados precisavam ter a partir de 18 anos e ensino médio completo. Para o curso de eletricista industrial foram selecionadas 30 pessoas e seis dessas vagas foram preenchidas por mulheres. Já o curso de Lubrificação Industrial conta com a participação de 27 pessoas, incluindo duas mulheres.

As aulas são ministradas no período noturno por professores do SENAI e ocorrem no Polo Universitário de Tailândia (PA). A conclusão dos cursos será entre abril e maio deste ano. A Agropalma pretende abrir novas turmas ainda em 2023.

Parceria com o SENAI e SENAR para o Programa Jovem Aprendiz

Em 2023, a Agropalma também está dando continuidade à parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) para a realização do Programa Jovem Aprendiz.

Após a formatura de mais um grupo em 2022, a companhia selecionou 274 novos jovens, que estão distribuídos pelas unidades da companhia situadas em Tailândia e Belém (PA) e Limeira (SP).

As vagas são voltadas para Manutenção industrial (mecânica e eletromecânica/SENAI) e aprendizes rurais (em campo/SENAR). Participaram do processo seletivo jovens com idades entre 18 a 23 anos, com ensino médio completo ou em andamento.

A carga horária é dividida entre a prática e as aulas ministradas pelas entidades parceiras. Os participantes do programa jovem aprendiz da Agropalma recebem meio salário mínimo e têm direito a plano de saúde e odontológico, seguro de vida, vale-alimentação e vale-farmácia.

A expectativa é que uma nova turma seja formada no segundo semestre deste ano e que comece a atuar na Agropalma a partir de janeiro de 2024.

“Nos empenhamos em oferecer oportunidades aos jovens que residem no entorno de nossas unidades, para que desfrutem de formação técnica de alta qualidade. A parceria com o SENAI e o SENAR é um importante braço do nosso programa de capacitação e contribui para a qualificação de mão de obra na região ao mesmo tempo que favorece o desenvolvimento profissional dos jovens”, explica Marcella Novaes, diretora administrativa da Agropalma.

Comentários
  1. E bem difícil acreditar nessas oportunidades de emprego, já que enviei inúmeros currículos e nunca tive retorno, nem da agropalmad e nem da empresa de recrutamento, acredito que se houver Mesmo vagas só e para parente de funcionários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *