Homem matou a mãe de olho na herança e vida de luxo

A conclusão é do Ministério Público, que sustenta hipótese de que Bruno Eustáquio, 23 anos, pressionava a mãe para alugar ou vender a casa onde moravam.