Justiça condena padre por desviar R$ 1,3 milhão em doações

O padre Osvaldo Palópito, 66 anos, ex-capelão da Polícia Militar foi condenado por desvio de doações de fiéis da capela de Santo Expedito, na região da Luz, em São Paulo.