Início Notícias Denúncias MPF do Pará entrada com ações judiciais contra o Deputado Josué Bengtson (PTB / PA)

MPF do Pará entrada com ações judiciais contra o Deputado Josué Bengtson (PTB / PA)

5 Leitura min
1
0
117

Ministério Público Federal no Pará deu entrada em duas ações judiciais, uma penal e outra civil, tendo como réu o Deputado Federal Josué Bengtson

josue-bengtson

Não por acaso a evolução patrimonial de Edir Macedo, Josué Bengtson (foto) e Martinho Carmona ocorre na esteira da disseminação das igrejas das quais se servem. O que não exclui os atalhos da corrupção, como ilustra o imbróglio protagonizado por Bengston, como deputado federal pelo PTB.

O Ministério Público Federal no Pará deu entrada em duas ações judiciais, uma penal e outra civil, tendo como réu o então ex-deputado federal Josué Bengtson (PTB), acusado de participar do esquema das sanguessugas, assim chamado porque os empresários, políticos e servidores públicos envolvidos desviavam dinheiro da saúde através de fraudes.
De acordo com o procurador regional da República José Augusto Torres Potiguar, responsável pelos processos contra ex-deputado, Bengtson fazia parte do comando político da organização criminosa, “encarregando-se da elaboração de emendas orçamentárias que acabaram por destinar vultosos recursos públicos federais em proveito do esquema”.
Na ocasião, o próprio site do Ministério Público Federal encarregava-se de relatar que, ao analisar as emendas orçamentárias do parlamentar paraense, o MPF somou em apenas dois anos – 2002 a 2004 – R$ 8,63 milhões destinados por Bengston para favorecer a quadrilha dos sanguessugas. Em troca dos serviços prestados ao esquema, ele chegou a receber, de acordo com as informações da quebra do sigilo bancário, cerca de R$ 100 mil, depositados em contas próprias e em contas da Igreja do Evangelho Quadrangular, administrada por Bengston.
[divide style=”2″]
Para acompanhar mais notícias de Tailândia e Região, Curta o Portal Tailândia no Facebook: facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.
via Blog do Barata
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Josenaldo Jr.
Carregar mais em Denúncias

Um comentário

  1. Frank Oliveira de Souza

    22 de outubro de 2015 em 15:31

    Na minha concepção de homem de bem, são todos bandidos que se aproveitam da miserabilidade, ignorância e fragilidade das pessoas para ocuparem cargos públicos, objetivando assaltar os cofres públicos.

    Coementário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *