Início Notícias Brasil Dor de cabeça frequente atinge 63 milhões de brasileiros, diz pesquisa

Dor de cabeça frequente atinge 63 milhões de brasileiros, diz pesquisa

6 Leitura min
0
0
1

Um levantamento feito pela Universidade Federal de Santa Catarina aponta que pelo menos 63 milhões de brasileiros de todas as idades sofrem com dores de cabeças frequentes. A pesquisa mostra ainda que 20% destas dores são oriundas de problemas na coluna vertebral. Especialistas em ortopedia e traumatologia atribuem às novas tecnologias as causas não apenas da cefaleia, mas de uma série de distúrbios em pessoas que não conseguem se desconectar de aparelhos como celulares, tablets e notebooks.

Ainda segundo os médicos, a maioria das pessoas ignora esse sintoma por achar que já faz parte da rotina, e que um simples analgésico resolve. Entretanto, eles reforçam ser importante procurar um médico para melhor avaliar os motivos das dores. Ortopedista e integrante da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia do Pará (Sbot-PA), Marcelo Brito explica que é comum a tensão muscular estar relacionada com dor na coluna. Ele diz que as principais causas para esses sintomas são o uso inadequado do computador e do telefone celular, já que muitas pessoas, quando conectadas no universo on-line, esquecem de manter a postura de forma correta.

“O certo é que esses aparelhos fiquem na altura dos olhos, mas muitas pessoas usam de modo errado, pois passam vários minutos – e às vezes horas ao longo do dia – de cabeça baixa digitando. Essa postura incorreta acaba causando tensão muscular”, explicou o médico. A dor de cabeça causada por tensão muscular ocorre geralmente no final do dia e é localizada na altura da nuca, diz Brito.

Se a pessoa sentir esse tipo de sintoma é indicado procurar um ortopedista, mas caso a pessoa sinta ânsia de vômito, sinais de visão ou qualquer outro sintoma o indicado é que o paciente procure um neurologista. Aliado a esse problema na cervical, o fisioterapeuta Leandro Teófilo Santos, do Nucleo Avançado de Reabilitação (NAR), fala de outro problema muscular que causa dor de cabeça crônica, a DTM.

A Disfunção Temporomandibulares (DTM) é um desgaste muscular na articulação da boca, que causa dor de cabeça frequente no paciente. É um problema de difícil diagnóstico e o tratamento é resultado de um trabalho aliado entre o fisioterapeuta, o ortodontista e até de um psicólogo.

“Em muitos casos essas pessoas desgastam essa articulação em decorrência de estresse e acabam tensionando essa musculatura da boca. Com isso, gera o sintoma de dor de cabeça e muitas pessoas demoram a diagnosticar o problema”, explicou o fisioterapeuta.

A estudante Larissa Duarte, de 14 anos, começa a sentir os efeitos do uso descontrolado da tecnologia. Companheiro inseparável, o iphone 6 talvez seja o principal causador de muitas dores na região do pescoço, na coluna e, principalmente, dor de cabeça. Os pais tentam orientar, porém, a jovem admite ser viciada em mídias sociais. “O dia é dividido em três momentos para mim: quando não estou dormindo ou em aula, estou no celular. Uso as redes sociais não apenas para me comunicar com meus amigos, mas com meus pais”, brinca a jovem.  Ela conta que sente dor de cabeça todos os dias. “Já procurei um oftalmologista, mas ele assegurou que meu problema não é vista” afirma a jovem, que também usa o computador com freqüência.

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Cleyton Rogério
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *